Marrocos: Riscos e Oportunidades

Num tempo em que os radicalismos e o terrorismo voltam a bater às portas da Europa, a fórmula de islamismo vivido em Marrocos, respeitador da tradição e da letra do Corão, mas oposto a qualquer manipulação radical ou guerra religiosa em relação a outros cultos e ao mundo euroamericano, é um dos grandes trunfos de Marrocos. Mas a busca de oportunidades exige assumir riscos, por força da sua geografia e posicionamento geopolítico, e em Marrocos aquelas têm um enorme potencial, tanto em termos de sectores como em termos de produtos. riscosoportunidades

Fruto das reformas que têm vindo a ser implementadas visando o desenvolvimento e a modernização da economia, a crescente industrialização do país e o seu desenvolvimento social – objectivos consubstanciados em vários Planos Estratégicos Sectoriais – existem oportunidades de negócio, de um modo geral, em todas as áreas de actividade. Ainda assim, pelo potencial que podem representar para as empresas portuguesas existem algumas a destacar. Desde logo, o sector da construção civil e obras públicas. Uma das prioridades do governo é a construção e modernização das suas infraestruturas, principalmente, estradas e auto-estradas, ferrovias, aeroportos e portos, para os quais existem planos estratégicos de médio e longo prazo que representam, conjuntamente, um investimento esperado de 60 mil milhões de euros até 2030. A retoma de alguns projectos na região de Tânger e Casablanca – nomeadamente na área da hotelaria – e a possibilidade de incremento da construção residencial na região de Kenitra poderão também significar oportunidades no sector imobiliário. As oportunidades são múltiplas e elas estendem-se às empresas de engenharia, construção e materiais de construção, arquitectura e design de interiores.

O desenvolvimento do sector energético, especialmente na área das renováveis, é outra das grandes apostas de um país que também prevê largos investimentos no sector do gás natural, entre os quais um projecto que passará pela construção de um gasoduto que permitirá abastecer, a nível energético, o sector industrial marroquino (em claro crescimento). Neste contexto, será de esperar uma maior procura de fornecedores de soluções relacionadas com a produção de energia e com a promoção da eficácia energética.

Os sectores automóvel, aeronáutico, têxtil, do couro, químico, dos veículos pesados, das indústrias metalúrgicas, metalomecânicas e da indústria farmacêutica estão identificados como prioritários na estratégia de desenvolvimento industrial, fazendo com que possam surgir oportunidades em áreas como a construção de fábricas, o fornecimento de materiais de construção, de equipamentos industriais, ou até mesmo assistência técnica e serviços de reparação e manutenção industrial.

A modernização da agricultura e do sector agro-industrial e o desenvolvimento das telecomunicações e das TIC são outras das grandes apostas que certamente se traduzirão em oportunidades de negócio e investimento que não deverão escapar às empresas portuguesas.
Em termos de produtos, a dependência de Marrocos do exterior no que respeita a bens de consumo e de equipamento ainda é significativa e em grande parte explicada pela ainda reduzida oferta local para um alargado conjunto de produtos, principalmente os de maior cariz tecnológico, com elevado grau de inovação, qualidade e design. Para este tipo de produtos, a procura interna tem vindo a aumentar, em linha com a melhoria das condições de vida da população e do seu poder de compra. As oportunidades são múltiplas.

OVERVIEW
RELAÇÕES COMERCIAIS COM PORTUGAL E OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO

Ser Associado da Câmara de Comércio significa fazer parte de uma instituição que foi pioneira do associativismo em Portugal.

 

Os nossos Associados dispõem do acesso, em exclusividade, a um conjunto de ferramentas facilitadoras da gestão e organização das respectivas empresas.