Ucrânia: Relações com Portugal e oportunidades de negócio

As relações comerciais entre Portugal e a Ucrânia têm-se traduzido numa balança comercial negativa para o nosso país e 2015 não foi excepção, com os 19,7 milhões de euros em exportações a serem claramente ultrapassados pelos 264,5 milhões de euros em importações. Este é um cenário que não se deverá alterar a manterem-se as taxas de crescimento das exportações e importações registadas nos últimos anos. As exportações portuguesas com destino ao mercado ucraniano cresceram, desde 2012 até 2015, a uma média anual de 1,3% face a uma taxa de crescimento de 19,3% das importações no mesmo período. Dados relativos ao primeiro trimestre de 2016 confirmam esta tendência.

É neste contexto que se percebe a maior importância da Ucrânia como fornecedor de Portugal (21ª posição com uma cota de 0,58%) do que como cliente (81ª posição com uma cota de 0,04%) nos primeiros meses de 2016, à semelhança dos anos anteriores.

No entanto, o aumento em quase 45% do números de exportadores para a Ucrânia de 2010 a 2014, faz perceber que há espaço e oportunidade para aumentar o volume de negócios e as nossas exportações.

Para além da tradicional exportação de produtos agrícolas, da madeira e da cortiça e de máquinas e aparelhos - grupo que representou 66% do total das nossas exportações para o país em 2015 – parecem encontrar-se nichos de mercado em sectores como o dos instrumentos de óptica e precisão, plásticos e borrachas, matérias têxteis, químicos, e vestuário.

Este potencial de negócio para as empresas portuguesas foi uma das razões para a Câmara de Comércio organizar, já no próximo dia 5 de Julho, mais uma edição dos seminários Exportar & Investir, desta vez dedicada ao mercado ucraniano. Consulte o programa e inscreva-se no Exportar & investir: Ucrânia!

 

Overview
Enquadramento Económico

FIND OUT MORE ABOUT OUR SERVICES!

 

For further informations contact us.

Media