Suécia: Relações comerciais com Portugal e Oportunidades de Negócio

Mesmo perante o aumento do número de empresas nacionais a exportarem para o mercado sueco de 1,1 mil em 2011 para 2,2 mil em 2015, o saldo na nossa balança comercial com este país permanece negativo. Uma taxa de crescimento médio anual das exportações de – 1,6% de 2011 a 2014, comparada com uma taxa de crescimento das importações de 2,5% no mesmo período, é disto um sinal claro.

O último ano não foi excepção. Mesmo a ligeira descida de 2,8% das nossas importações (642,5 milhões de euros) não foi suficiente para compensar a redução de 12,1% do lado das exportações (408,7 milhões). Não será por isso surpresa o facto de a Suécia ter um maior peso nas nossas relações comerciais com o exterior enquanto fornecedor (13º lugar, 2015) do que enquanto cliente (16º lugar, 2015).

Apesar do saldo da balança comercial se manter negativo para Portugal, a subida de quase 24% das nossas exportações com destino à Suécia nos primeiros cinco meses de 2016, contra um aumento de apenas 5% das importações, permite algum optimismo.

Deverão por isso merecer a atenção das empresas portuguesas as possibilidades de negócio nos sectores que lideraram as nossas exportações em 2015 – máquinas e aparelhos (16,4%), vestuário (16%), pastas celulósicas e papel (8,5%), calçado (7,6%) e matérias têxteis (7,2%) – bem como aqueles que apresentam maior potencial de crescimento: minerais e minérios; instrumentos de óptica e precisão; produtos agrícolas e metais.

A Câmara de Comércio lançou recentemente uma Missão Empresarial à Suécia, com o objectivo de dar a conhecer o ambiente de negócios sueco e de identificar potenciais parceiros e clientes para as empresas portuguesas. A missão terá lugar de 24 a 28 de Outubro e poderá consultar o programa completo aqui. Reserve já o seu lugar!

 

Overview
Enquadramento Económico

Ser Associado da Câmara de Comércio significa fazer parte de uma instituição que foi pioneira do associativismo em Portugal.

 

Os nossos Associados dispõem do acesso, em exclusividade, a um conjunto de ferramentas facilitadoras da gestão e organização das respectivas empresas.