Descida das exportações e importações na China

Considerada a maior potência comercial do mundo, a China assume um papel cada vez mais influente no contexto económico-comercial de outros Estados. Assim é, e de forma ainda mais explícita, tratando-se dos EUA e da União Europeia os maiores parceiros comerciais do gigante asiático. Como tal, dever-se-á estar atento à evolução do comércio internacional chinês que, no passado mês de Fevereiro, registou uma descida das suas exportações em 20,6% (para os 114,3 mil milhões de euros) quando comparado com igual período de 2015. Também as importações registaram uma queda, mas somente de 8%, situando-se 85,3 mil milhões de euros no mesmo período considerado.

Pela relevância e potencial deste mercado, a Câmara de Comércio está a organizar uma missão empresarial à China, de 1 a 7 de Maio.

Conheça o programa completo aqui.

Ser Associado da Câmara de Comércio significa fazer parte de uma instituição que foi pioneira do associativismo em Portugal.

 

Os nossos Associados dispõem do acesso, em exclusividade, a um conjunto de ferramentas facilitadoras da gestão e organização das respectivas empresas.