Donald Trump ameaça produtos europeus com taxas alfandegárias. Queijo, whisky e azeitonas em risco

O Presidente norte-americano, Donald Trump, voltou a ameaçar a União Europeia (UE) com a possibilidade de taxas alfandegárias adicionais - inicialmente no valor de 4 mil milhões de USD (3,5 mil milhões €), tendo entretanto elevado o tom da ameaça ao considerar um aumento entre os 5 e os 7 mil milhões de USD - a aplicar a um conjunto de produtos comunitários, em resposta aos subsídios concedidos à Airbus: uma disputa comercial que perdura há 14 anos e que o actual presidente parece apostado em resolver a seu favor. Entre os 89 produtos visados, encontram-se produtos do sector da aviação (peças para aviões e outro tipo de aeronaves), mas também queijos, azeitonas, whisky, massas, café, presunto, produtos de cobre e outros metais. Depois da imposição de uma tarifa de 25% sobre o aço europeu e de 10% sobre o alumínio (em vigor desde Maio de 2018), estas novas ameaças vêm elevar ainda mais o nível de crispação nas relações comerciais entre os EUA e a UE.

Ser Associado da Câmara de Comércio significa fazer parte de uma instituição que foi pioneira do associativismo em Portugal.

 

Os nossos Associados dispõem do acesso, em exclusividade, a um conjunto de ferramentas facilitadoras da gestão e organização das respectivas empresas.