China-UE: Acordo sobre Investimento deverá chegar em 2020

No quadro da 21ª Cimeira EU-China que teve lugar no início deste mês de Abril, as partes comprometeram-se a continuar a reforçar a sua parceria estratégica, tendo negociado um acordo “substantivo” que orientará as futuras negociações para alcançar, no mais curto período de tempo, “benefícios concretos” para ambas as partes. Ainda que no plano do discurso, a China comprometeu-se a chegar a um acordo/tratado, já em 2020, que permita a abertura do seu mercado a investidores europeus, logo a investidores portugueses também. A ser efectivamente alcançado, este tratado deverá reduzir o número de sectores interditos ao capital externo, tornando mais fácil aos investidores da UE comprar participações em empresas chinesas. Poderá, assim, vir a ser aberta uma porta a uma maior possibilidade de internacionalização da economia portuguesa, desta vez, na vertente do investimento.

Ser Associado da Câmara de Comércio significa fazer parte de uma instituição que foi pioneira do associativismo em Portugal.

 

Os nossos Associados dispõem do acesso, em exclusividade, a um conjunto de ferramentas facilitadoras da gestão e organização das respectivas empresas.