noticia-unio

Depois de receber o prémio de diplomata económico do ano em 2020 atribuído pela CCIP, o embaixador de Portugal no Senegal, Vítor Sereno, lançou a unio, uma aplicação informática que se destina a ajudar os empresários portugueses a encontrar oportunidades de negócio no estrangeiro e que foi apresentada ao público esta segunda-feira, dia 10 de maio, no quadro da Presidência Portuguesa da União Europeia.

Ao inscreverem-se, as empresas portuguesas e senegalesas inserem os seus dados, serviços e necessidades. Desta forma, passam a ter automaticamente contacto com aquelas que estejam a disponibilizar serviços que respondam a essas necessidades ou oportunidades. "Se houver um match entre as duas abre-se uma sala de chat onde os seus responsáveis podem conversar, trocar contactos e experiências e a partir daí potenciar parcerias e negócios", referiu Vítor Sereno.

João Pedro Guimarães, Secretário-Geral da CCIP, explicou que “criámos o prémio Francisco de Melo e Torres que distingue, anualmente o chefe de missão diplomática que se tenha destacado pelo seu empenho pessoal no apoio à internacionalização das empresas portuguesas e na captação do investimento estrangeiro, contribuindo para o crescimento da economia portuguesa. Neste contexto, a criação e desenvolvimento da aplicação unio, projeto do embaixador de Portugal no Senegal, Vítor Sereno, insere-se perfeitamente no espírito do prémio e vem, uma vez mais reforçar o excelente trabalho que tem realizado à frente da nossa missão diplomática em Dakar.”

O Prémio atribuído pela CCIP, no valor de 25 mil euros, permitiu desenvolver esta aplicação que teve um investimento de 15 mil euros. “O remanescente será utilizado um grande seminário sobre petróleo e gás que está a ser preparado também", indicou o diplomata.

Saiba como fazer parte da rede da Câmara de Comércio

 

Torne-se nosso associado

 

Apresentação Câmara de Comércio