certificados-de-origem-futuro-e-presente

A Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa (CCIP), desde a sua génese, apoia a internacionalização da economia nacional, posicionando-se junto dos seus Associados como um parceiro incontornável, procurando estar permanentemente atualizada e preparada para acompanhar um mundo em rápida mudança, nomeadamente, no que diz respeito ao Comércio Internacional.

As Câmaras de Comércio a nível internacional têm vindo a adaptar os seus serviços, procurando superar as exigências dos seus Associados, através da agilização dos seus processos, aumentando assim a rapidez e eficácia na prestação dos seus serviços. A CCIP não foge à regra e na última década implementou uma série de alterações no seu departamento de Certificados de Origem, com o propósito de garantir aos seus clientes a melhor qualidade na prestação do serviço.

Em 2011, iniciámos a reestruturação do departamento com a implementação de um conjunto de novos processos, bem como otimizações dos formulários e contactos existentes, de forma a garantir que todos os Certificados de Origem passassem a ser emitidos, no máximo, em 24 horas.

No ano seguinte, começámos a disponibilizar o Certificado de Origem no formato digital (digitalização do documento em formato papel), facilitando o acesso ao mesmo por parte das empresas exportadoras e dos seus clientes finais. Iniciámos também a emissão de um novo documento, com vista a ajudar as empresas na exportação:

O Certificado de Venda Livre - que permite a livre comercialização das mercadorias, certificando que o produto não está sujeito a qualquer restrição comercial ou de qualidade no país de origem.

Em 2014, celebrámos o protocolo com a Ordem dos Despachantes Oficiais (ODO) e com a Associação dos Transitários de Portugal (APAT) de forma a que ambas instituições pudessem usufruir de condições particulares na relação com a CCIP.

O ano de 2015 marca de forma indiscutível a mudança no paradigma de atuação da CCIP na Certificação de Origem, ao obter a acreditação da International Chamber of Commerce (ICC), passando a pertencer a um grupo restrito de câmaras de comércio acreditadas a nível mundial, e a única em Portugal, que seguem as regras de emissão e os níveis de qualidade e segurança exigidos internacionalmente.

Este selo garante às empresas exportadoras, bancos e administrações aduaneiras, que os Certificados de Origem que utilizam são emitidos de acordo com os padrões de certificação mais rigorosos e com base nas diretrizes internacionais da ICC, sendo por isso, mais eficientes e seguros.


A CCIP APOSTA NA DIGITALIZAÇÃO DOS CERTIFICADOS DE ORIGEM

A vaga na digitalização de processos tem sido uma realidade para todas as empresas e, na CCIP, apostámos fortemente nessa transformação, nomeadamente nos Certificados de Origem.

Assim, em 2018, ocorre a implementação do Certificado de Origem Eletrónico (eCO). O eCO é emitido de acordo com regras internacionais de acreditação da ICC, o que significa que a sua emissão cumpre um conjunto de requisitos de qualidade que podem ser validados eletronicamente em qualquer parte do mundo, acedendo ao portal desta entidade, facilitando assim o processo de exportação.

Atualmente, os eCOs são emitidos por diversas Câmaras de Comércio em todo o mundo e contribuem significativamente para um ambiente comercial mais seguro, ajudando as empresas exportadoras a economizar tempo, recursos e dinheiro.

Durante este ano, a Câmara de Comércio passou a ser a nova entidade coordenadora da ICC para a Acreditação da Certificação de Origem em Portugal. Isto tem subjacente um enorme reconhecimento internacional atribuído à CCIP, tendo todas as entidades emissoras de certificados de origem, a nível nacional, que recorrer à CCIP para aceder à rede de acreditação internacional da ICC.

 

Não podemos deixar de mencionar que, no decorrer deste ano, e em virtude do contexto de pandemia que estamos a viver, a CCIP, à semelhança de todas as entidades, teve de ajustar-se e transformou os seus procedimentos por forma a garantir a disponibilização dos Certificados de Origem de forma ininterrupta, o que foi conseguido em absoluto. Estivemos fisicamente afastados, mas sempre perto das empresas nas suas exportações e nos seus negócios.

As incertezas do futuro levantam algumas dúvidas para quem quer vingar no mercado internacional. Mas na CCIP podemos garantir que, independentemente das circunstâncias, manteremos sempre o nosso compromisso e dedicação, ficando ao lado dos nossos Associados, Clientes e Parceiros.

Agora, tal como no passado, pode contar com a Equipa de Comércio Internacional na obtenção dos seus documentos internacionais. Para mais informações contacte a CCIP, através do telefone 21 322 40 50 ou do email certif@ccip.pt.

 

Autor: André Costa | Coordenador Emissão de Certificados de Origem | Departamento de Comércio Internacional da Câmara de Comércio

Saiba como fazer parte da rede da Câmara de Comércio

 

Torne-se nosso associado

 

Apresentação Câmara de Comércio