formacao-de-formadores-online

De acordo com um estudo realizado e publicado pela Hays (Guia do Mercado Laboral 2020), quando colocada a questão sobre o que é mais valorizado pelos profissionais vs benefícios que as empresas oferecem, a formação aparece em terceiro lugar com 62% dos profissionais a valorizarem este benefício.

Estes resultados levam-nos a inferir que a aposta na formação deve ser cada vez mais privilegiada pelas empresas e neste sentido constatamos que já há empresas a apostar na formação interna sendo para isso necessário capacitar colaboradores do ponto de vista pedagógico – como ser formador?

Por outro lado, esta certificação não é só importante e necessária ao nível da formação interna. A obtenção do CCP – Certificado de Competências Pedagógicas – é obrigatória para quem ministra formação junto de entidades formadoras certificadas pela DGERT – Direcção Geral do Emprego e das Relações do Trabalho.

Quem pondera ser formador, por paixão ou por necessidade tem que ter presente que é necessário frequentar o curso de Formação Pedagógica Inicial de Formadores, pois para além de ir aprender, a probabilidade de desempenhar a sua “nova” função é muito maior uma vez que são cada vez mais as entidades formadoras certificadas pela DGDERT.

Sabemos que o sucesso de uma acção de formação deve-se em muito ao perfil do formador. Se é importante que este seja detentor do saber-saber é igualmente importante que ele saiba ser formador (saber-ser; saber-fazer).

A formação inicial de formadores é fundamental para o desenvolvimento de competências pedagógicas de base, essenciais para o desempenho da actividade de formador.

 

Mas, quais são as vantagens práticas em ser um formador certificado?

 

1. Destacar-se no mercado laboral

A função de formador certificado tem vindo a destacar-se cada vez mais no mercado global, graças às suas competências pedagógicas que ajudam à disseminação e partilha de boas práticas.

 

2. Alternativa ou complemento profissional.

 

3. Desenvolvimento de competências de liderança e gestão de equipas.

Um formador gere uma equipa, de formandos e é um líder na medida em que envolve e motiva o grupo, proporcionando as condições necessárias à sua aprendizagem.

 

4. Desenvolvimento da capacidade de comunicação em público.

Durante o curso, o formador estuda técnicas de discurso que ajudam a transmitir a mensagem de forma mais clara. Esta capacidade pode ajudar em reuniões ou entrevistas.

 

5. Desenvolvimento de capacidades de organização, planeamento e gestão do tempo.

O formador precisa de organizar-se e planear de forma eficiente a sua acção, tendo também que saber gerir o tempo para que o conteúdo programado seja ministrado no tempo disponível.

Um profissional que saiba planear e gerir, de forma eficaz e eficiente o seu trabalho, num determinado período de tempo, dá lucro à empresa/organização.

 

6. Capacidade de tomar decisões e gerir conflitos.

 

Sabia que eu também fiz esta formação?

A minha formação superior de base habilitava-me à obtenção automática do CCP mas optei por fazer a FPIF, e partilho consigo os motivos:

  • Pela aprendizagem, mas sobretudo, pelas duas simulações pedagógicas (inicial e final) que nos permitem fazer um processo de autoanálise e a evolução impressionante.
  • Numa perspectiva de investimento, de futuro, o leque de oportunidades é muito maior. Quem tenha interesse em trabalhar na área da formação, e não tem que ser necessariamente formador, um dos requisitos no processo de recrutamento é o CCP.
  • Com a FPIF conseguimos ter uma visão mais holística de todo o processo de formação e de aprendizagem.
  • Pelos contactos que estabeleci.

 

Com objectivo de apresentar alternativas formativas que ajudem as empresas e as pessoas a disseminar boas práticas, a CCIP vai realizar a 1ª edição da Formação Pedagógica Inicial de Formadores, na modalidade de e-learning. Vão ser 90 horas, com início a 12 de Maio, que lhe permite certificar-se, a nível nacional, como formador.

 

Autora do Artigo:

Cátia Moura
Gestora de Formação da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa

Saiba como fazer parte da rede da Câmara de Comércio

 

Torne-se nosso associado

 

Apresentação Câmara de Comércio