almoco-debate-com-assuncao-cristas-na-ccip

Assunção Cristas, Presidente do CDS-PP, esteve na Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa para explicar as suas propostas para as legislativas, que se realizam em Outubro.

Numa conversa com Bruno Bobone, Presidente da CCIP, a líder do CDS-PP respondeu a diversas perguntas. Ao longo das suas intervenções, Assunção Cristas referiu que “o CDS falava sozinho dentro e fora do parlamento” pois o “PSD não está disponível para isso” (coligação pré-eleitoral), referiu que a estabilidade fiscal está no topo da sua agenda, nomeadamente através de um decréscimo fiscal estável para as empresas, e mencionou que é necessário um maior envolvimento da iniciativa privada junto dos partidos políticos.

A Presidente do CDS-PP afirmou que as eleições de 2015 ditaram uma mudança "na prática" do sistema eleitoral, dado que António Costa e o PS não ganharam as eleições e estão a governar, resultado da maioria de esquerda na Assembleia da República. Hoje, já não existe, afirmou, "a pressão do voto útil que levava a que o CDS não tivesse a expressão" que Cristas disse sentir que "poderia ter" e que o voto hoje "está mais livre", permitindo ao eleitor escolher com mais liberdade sabendo qual a política de alianças dos centristas.

Assunção Cristas clarificou ainda que, após as eleições, a aliança preferencial será com o PSD e outros partidos da área do centro-direita, afastando quaisquer entendimentos com os partidos à esquerda.

A líder do CDS-PP foi a primeira convidada do ciclo de almoços-debate da CCIP, dedicados às eleições legislativas, seguindo-se, em Setembro, outros líderes partidários.

 

Outras notícias:

Jornal Económico

Antena 1

Notícias ao Minuto

TSF

DN

SIC Notícias

Público

Saiba como fazer parte da rede da Câmara de Comércio

 

Torne-se nosso associado

 

Apresentação Câmara de Comércio