A questão catalã: Outro desafio para a consolidação da União Europeia?

Categoria
Seminário
Data
06112017 11:30

Câmara de Comércio traz a Portugal duas destacadas personalidades políticas espanholas para debater a crise da Catalunha.

Nos últimos anos, a União Europeia foi forçada a enfrentar vários desafios no caminho para o reforço do projecto europeu colectivo. A gestão da crise financeira e económica internacional, o Brexit, o surgimento de populismos xenófobos e dos nacionalismos, são alguns elementos que revelam o afastamento de uma grande parte da população europeia das instituições e do funcionamento da UE.

No dia 6 de Novembro, às 11h30, no Salão Nobre da Câmara de Comércio, a questão catalã será analisada a partir dos seus possíveis efeitos dentro do quadro da UE, mas também a partir de uma perspectiva de análise da política nacional espanhola por José Carlos Diez e José Manuel Garcia-Margallo y Marfil.

- Que factores precipitaram o contexto actual?
- Quais as consequências deste processo para a Catalunha, para o Estado espanhol e para a UE?
- Estamos perante um fenómeno de âmbito nacional, interno ou perante mais uma evidência do enfraquecimento do projecto europeu?
- Enfrentamos um “catalexit”? Qual o impacto na UE e nos Estados vizinhos?
- Que direcção é que estes eventos poderão tomar? A fratura social e territorial é reversível?
- Qual a saída possível para este conflito: uma reforma do ordenamento político e territorial?
- A democracia em Espanha e na UE estão em perigo caso se verifique a independência?​

Estas são algumas das questões que serão abordadas pelos dois convidados, com a moderação de Bruno Bobone, Presidente da Câmara de Comércio.

 

PROGRAMA

11h00 Registo dos Participantes

11h30 Sessão de Abertura

brunobobone

 

 

BRUNO BOBONE 
Presidente 
CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA PORTUGUESA

 

11h35 A Crise Catalã e os Riscos para a União Europeia

margallo

JOSÉ MANUEL GARCÍA MARGALLO
Importante político espanhol desde a transição para a democracia em 1977. Em 2011 foi ministro dos Negócios Estrangeiros do governo de Mariano Rajoy, tendo desenvolvido uma estratégia de relançamento do país na política internacional. Da candidatura espanhola ao Conselho de Segurança das Nações Unidas, ao reposicionamento de Espanha na União Europeia e ao relançamento das relações com os EUA e com a América Latina, Garcia-Margallo y Marfil foi responsável por uma intensa agenda política no plano internacional, tornando-se o ministro com maior popularidade do governo de Rajoy. O destacado especialista em Direito e Economia foi ainda deputado 13 anos e eurodeputado ao longo de 17, tendo sido vice-presidente da Comissão dos Assuntos Económicos e Monetários. 

11h55 A Crise Catalã e as Ameaças à Unidade do Estado e à Democracia Espanhola

perez rubalcabaAlfredo Pérez Rubalcaba
Político de relevo no PSOE e estratega de várias vitórias socialistas, Alfredo Pérez Rubalcaba foi responsável por diversas pastas ministeriais nos governos de José Luis Zapatero e Felipe González, tendo-se destacado logo em 1999 pelo seu papel na mudança da estratégia antiterrorista durante a trégua da ETA. Foi candidato à presidência do governo nas eleições gerais de 2011, secretário-geral do PSOE e líder da oposição entre 2012 e 2014. Alfredo Pérez Rubalcaba é hoje considerado um dos mais influentes analistas políticos espanhóis. 

 

 

12h15 Debate

13h00 Encerramento

 

Para consultar o programa em versão pdf clique aqui.

 

 

LOCAL E HORÁRIO

Esta sessão realiza-se na Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, no dia 6 de Novembro, das 11h30 às 13h00.

INSCRIÇÕES

A participação nesta iniciativa é gratuita para Associados e Não-Associados mediante inscrição prévia. Para isso, basta clicar no botão 'Inscreva-se Já' (situado no topo desta página), preencher e submeter o formulário respectivo. Posteriormente, receberá um e-mail com a confirmação da sua inscrição.

 
 

Todas as datas

  • 06 11 2017 11:30 - 13:00

Ser Associado da Câmara de Comércio significa fazer parte de uma instituição que foi pioneira do associativismo em Portugal.

 

Os nossos Associados dispõem do acesso, em exclusividade, a um conjunto de ferramentas facilitadoras da gestão e organização das respectivas empresas.