noticia460x230

30 missões empresariais, 11 seminários e 11 workshops “One-to-One”, entre outras iniciativas, fazem parte do novo plano de actividades da área internacional proposto pela Câmara de Comércio para 2018. Este plano vem, uma vez mais, reforçar a vertente de internacionalização e de exportação das empresas portuguesas e pretende apoiá-las de uma forma muito próxima e customizada a alcançarem os seus objectivos de expansão comercial em novas geografias.

Para além dos mercados já bastante procurados pelos portugueses, e que a Câmara de Comércio tem acompanhado anualmente com sucesso - Coreia do Sul, Emirados Árabes Unidos, Irão, Israel, Marrocos, México ou Polónia -, vamos mais longe no próximo ano, apostando em novos países com potencial de crescimento e que se revelam receptivos aos produtos portugueses. Iremos liderar as empresas a mercados como Argentina, Costa do Marfim, Egipto, Etiópia, Indonésia, Kuwait, Peru, Tunísia, entre outros.

No plano para o próximo ano, além dos seminários Meet-to-Market, que aprofundam a realidade económica e comercial de um determinado país, iremos promover sessões individuais e personalizadas entre as empresas e os nossos representantes locais em determinados mercados através dos workshops One-to-One, que lhes permitirão avaliar as oportunidades “à sua medida” existentes nesses mercados.

De destacar ainda o evento Embtalk, uma espécie de “Ted Talks” que conta com a participação de Embaixadores estrangeiros em Lisboa, em que cada um terá 10 minutos para apresentar um caso de sucesso de uma empresa (de preferência, portuguesa) que se tenha internacionalizado no país que representa.

Nos últimos quatro anos, a Câmara de Comércio organizou 45 missões empresariais, envolvendo cerca de 300 empresas, com um grau de satisfação sobre as consequências de cada uma dessas iniciativas a rondar os 90%. A aposta em delegações de pequena dimensão e na identificação assertiva das necessidades das empresas, seleccionando interlocutores locais ajustados aos seus objectivos, são os principais drivers destes resultados. Para 2018, o desafio ainda é maior, uma vez que queremos estar ainda mais presentes junto das empresas enquanto parceiros privilegiados e de confiança nos seus processos de internacionalização.

Para consultar o plano de acções internacionais em versão .pdf clique aqui. 

Saiba como fazer parte da rede da Câmara de Comércio

 

Torne-se nosso associado

 

Apresentação Câmara de Comércio