Apresentacao Insight

A Câmara de Comércio realizou, esta manhã, a apresentação oficial do primeiro inquérito INSIGHT a cerca de 100 empresários.

Com uma amostra de perto de 1.000 Pequenas e Médias Empresas (PME) exportadoras portuguesas, o inquérito realizado pela Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, em colaboração com o E-Monitor, concluiu que cerca de 80% já se encontram internacionalizadas. Os gestores, com um forte espírito de “empreendedorismo internacional”, vão à procura de novos mercados para continuarem a crescer.

Para o futuro, estas mesmas empresas deixaram uma mensagem de optimismo: 63% acredita que o volume de negócios da actividade internacional vai crescer em 2017 e 50% pretende aumentar o investimento além-fronteiras. O financiamento da actividade no exterior é realizado em 85% dos casos com recurso a “fundos próprios / autofinanciamento”.

Bruno Bobone, Presidente da Câmara de Comércio, explica que “a criação do Observatório INSIGHT insere-se na missão da Câmara de Comércio de apoio à internacionalização das PME portuguesas. O mercado é hoje globalizado e nós sabemos que é muito importante existirem instrumentos que possam não só identificar tendências, mas também as reais necessidades das empresas, pois só assim podemos contribuir de forma decisiva para alavancar os negócios dos nossos associados”.

 

“O empresário português tem ambição de crescer, revela ousadia de empreender, de arriscar e de sair dos seus espaços de conforto.”

 

Um olhar sobre a Internacionalização das PME facultado pelo INSIGHT confirma ainda, com novas evidências, as qualidades do empresário português – não bloqueia nas crises, tem uma contínua ambição de crescer, revela ousadia de empreender, de arriscar, de sair dos seus espaços de conforto e apresenta uma célere capacidade de se apropriar de novas formas de fazer negócio, potenciadas pelo digital, para alcançar novos mercados e alargar o alcance geográfico da sua actuação.

 

A INVESTIGAÇÃO FUNDADORA

MAPA

Durante o período de inquérito registaram-se 873 respostas completas, uma amostra estatisticamente relevante das PME portuguesas internacionalizadas. Deste total e em termos sectoriais: 30% são empresas industriais (onde se incluem 10% indústria agroalimentar, 5% vestuário e calçado), 30% são de serviços, enquanto 15% são de comércio a retalho e 25% dos sectores dos transportes, alojamento e serviços de “Porta Aberta”.

Em termos de distribuição geográfica, a presença das PME nos mercados internacionais é a seguinte: Europa 83%, África 58%, Américas 40% e Ásia, Médio Oriente e Outros 29%.

A amostra é próxima da territorialidade do tecido das PME portuguesas - Lisboa 42,7%; Centro 20,3%; Porto 13,6%; Setúbal, Alentejo e Algarve 12,9%; Norte 9,9%; Madeira 0,3% e Açores 0,2%.

No que se refere ao volume de negócios, 34% faturam menos de €249 mil, 20% entre €250 mil e um milhão de euros, 13% entre €1milhão e €2 milhões, 22% entre €2 milhões e €10 milhões e 8% entre €10 milhões e €50 milhões.FIG2

De realçar, ainda, que as empresas inquiridas se encontram já num estágio de vida avançado, sendo que 76% desenvolve a sua actividade há mais de 6 anos. Quase 40% refere que tem mais de 20 anos de existência.

O Observatório INSIGHT é uma plataforma de informação e conhecimento que permite compreender a realidade das pequenas e médias empresas portuguesas exportadoras, a sua actividade nos mercados externos e as perspectivas de crescimento no futuro. Trata-se de uma ferramenta de research qualitativo, com escala quantitativa contribuindo, assim, para potenciar a dinâmica de internacionalização do tecido empresarial português. Serão realizadas novas incursões ao painel de cerca de 1.000 empresas com uma periodicidade semestral.

Este estudo conta com o apoio da CGD, AON e ANA – Aeroportos de Portugal.

 

Destaques do INSIGHT, um olhar sobre a internacionalização das PME

  • 65% das empresas internacionalizadas afirma que a sua actividade no exterior cresceu nos últimos 2 anos
  • Para cerca de 43% o crescimento verificado, nos últimos 2 anos, na actividade internacional supera os 10%, sendo que para 19% das empresas o crescimento alcançado superou os 20%
  • 82% já se encontra internacionalizada há mais de 3 anos, sendo que 35% o estão há mais de 10 anos
  • 85% das empresas internacionalizadas com volume de negócios superior a €10 milhões, iniciou o processo há mais de 6 anos
  • 42% internacionalizaram-se para crescer em complemento com a actividade no mercado interno
  • Para 82% dos inquiridos a qualidade dos seus produtos/serviços é a principal vantagem competitiva no mercado internacional
  • 60% realizam viagens de prospecção de novos clientes (e parceiros de negócio) no início do processo de internacionalização
  • Para cerca de 39% das empresas da amostra, a actividade internacional representa mais de 50% do volume de negócios
  • 67% das empresas internacionalizadas, considera que o Brexit terá pouco ou mesmo nenhum impacto no seu modelo de negócio


Zoom aos mercados onde estão presentes as PME portuguesas

  • Espanha é o mercado como maior número de referências, estando presentes 51% das empresas internacionalizadas que responderam ao inquérito;
  • Seguem-se Angola com 43%, França com 41%, e Reino Unido com 30%;
  • Na Europa, mercados como Alemanha (28%), Bélgica (23%) e Holanda (18%) são já muito relevantes no perfil de internacionalização das empresas inquiridas;
  • Em África, Angola surge com aproximadamente o dobro de referências de Moçambique;
  • Estados Unidos e Brasil apresentam números muito semelhantes, neles estando presentes quase 20% das empresas;
  • Nesta amostra, a China, já revela uma importância marcante, com valores ligeiramente superiores a 12%;
  • Em cada um do conjunto de outros grandes mercados como Japão, Índia, Austrália, México e Países do Golfo Pérsico estão presentes cerca 6% a 8% das empresas internacionalizadas

 

capa insight

 
O estudo apresentado é disponibilizado de forma gratuita aos associados da Câmara de Comércio. As empresas não associadas podem adquirir o mesmo nas seguintes condições:

- Versão anual impressa + versão digital + update semestral = 200€
- Versão anual impressa + versão digital = 175€
- Versão anual impressa = 100€
- Versão anual digital = 85€
- Update semestral (apenas pdf) = 50€

Para mais informações contacte-nos através do email eventos@ccip.pt

 

 

Consulte algumas notícias publicadas sobre o INSIGHT:

- Diário de Notícias: PME estão mais exportadoras, mas é difícil encontrar clientes
- Sábado: Financiamento não é o maior obstáculo à expansão externa das PME
- Dinheiro Vivo: PME estão mais exportadoras mas é difícil encontrar clientes
- Notícias ao Minuto: Mais de metade das PME prevê que faturação além-fronteiras cresça em 2017
- TVI 24: Pequenas e médias empresas vão faturar mais lá fora em 2017
Revista Sábado (impresso): Quando as PME voam em low-cost
- Público: Mais de metade das PME espera que a facturação além-fronteiras cresça em 2017
- Sic Notícias: Em análise - Internacionalização das PME
- Sapo 24: Mais de metade das PME prevê vender mais no estrangeiro em 2017
- PME Magazine: Maioria das PME espera mais faturação do exterior em 2017
Sábado: "Portugal extra três F's: exportações além do fado, futebol e Fátima"
- Eco Economia Online: PME lá fora: Chegar mais longe em modo low-cost 
- Negócios: Empresas voam para novos mercados em "low-cost"
-
 Público: Internacionalização é sinónimo de exportação para muitas PME
-
 Económico: Está encontrado o DNA do novo empresário internacionalizado
- Observador: 38% das empresas que exportam têm menos de 6 trabalhadores
- TSF: Observatório Insight da Câmara de Comércio
- RTP3: Aposta no exterior 
- ECO: PME já são internacionais mas precisam de mais

 

Saiba como fazer parte da rede da Câmara de Comércio

 

Torne-se nosso associado

 

Apresentação Câmara de Comércio